Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Viola e Labyad pedem atenção

Francisco Chaveiro Reis
09
Nov15

ng07B1916C-FFD9-474F-A1E0-A6AAD44328B1.jpg

Com salários altos e desempenhos na pré-época que não agradaram a Jesus, Viola e Labyad foram relegados para a equipa B, à falta de melhor solução. A questão é que os dois parecem estar a levar a sério o seu trabalho e têm jogado bem e marcado golos. O playmaker marroquino leva 3 golos e m 7 partidas e o avançado argentina conta com 2 em 5. Numa altura em que o plantel é curto, estes dois não poderiam ajudar a equipa? Por exemplo, Labyad e Viola não poderiam ter dado uma mão na Albânia (sim, bem sei que não foram inscritos, é só um exemplo)? Na equipa B moram ainda homens como Fokobo, Gauld ou Salomão (com experiência na Liga Espanhola não daria jeito por uns minutos?). Entendo que não sejam primeiras escolhas mas não entendo que não sejam segundas.

Sofrimento

Francisco Chaveiro Reis
09
Nov15

img_757x426$2015_11_08_23_15_43_494826_im_63582621

Com dez jornadas jogadas, o Sporting é líder isolado do campeonato. Ontem, 0-1 ao Arouca com golo de Slimani aos 90 minutos. O Sporting foi sempre superior, tendo que combater uma equipa defensiva, num campo pequeno. É nestes jogos que se ganham (e se perdem campeonatos). O Sporting soube sofrer, resistiu a uma lesão e uma expulsão (correta) e beneficiou de um penalty de Naldo sobre Adilson que deveria te sido marcado. Não se viu bom futebol mas de garra e sorte também se fazem campeões. Dia 31 há mais uma jornada.

Treinar (quase) descalço

Francisco Chaveiro Reis
06
Nov15

unnamed.jpg

 

O pugilista Ryota Murata, medalha de ouro, quer sentir o chão durante os treinos como se estivesse descalço. Ideias como esta foram a base da nova linha Nike Free Trainer 1.0, que possui a sola mais articulada das Nike Free Trainers.

A primeira linha de cor - Nike Free Trainer 1.0 "Chalk for Your Feet" - é indicativa da resistência e leveza da sola da sapatilha, que se adapta ao pé para uma aderência ágil em qualquer superfície de treino, semelhante à aderência que o giz providencia a atletas no ginásio.

Desenhadas com um rebordo de zero milímetros que faz os músculos do pé trabalharem mais para obter aderência e equilíbrio, as sapatilhas permitem um movimento natural e oferecem uma sensação de pé descalço a atletas que levantam, correm e saltam enquanto perseguem o seu potencial de performance.

A zona do calcanhar nas Nike Free Trainer 1.0 mantém a plataforma da sola equilibrada enquanto o Dynamic Flywire  permite o bloqueio e estabilidade lateral durante os movimentos mais rápidos e precisos.

As Nike Free Trainer 1.0  estão disponíveis em Nike.com e em lojas selecionadas.

Inexplicável humilhação

Francisco Chaveiro Reis
06
Nov15

img_757x426$2015_11_05_21_57_49_494225.jpg

Já se sabe que a prioridade é a liga portuguesa mas perder 0-3 com uma modesta equipa albanesa é vergonhoso. O plantel é demasiado curto para rodar e manter a qualidade mas, ante de uma equipa como o Skenderbeu, a jogar com homens como Montero, Mané, Adrien, Matheus ou Ewerton não há desculpa.O Sporting tem agora que bater Lokomotiv e Besiktas para se manter em prova. Nota para Tanaka. Na primeira vez que teve uma oportunidade, viu Patrício ser expulso e deu lugar a Marcelo. Espera-se resposta categórica em Arouca.

Na frente

Francisco Chaveiro Reis
01
Nov15

2015-10-31-sporting.jpg

O Sporting venceu o Estoril por 1-0 e continua a ser líder isolado da liga portuguesa. Téo Gutierrez, de penalty, fez o único golo da partida, já na segunda parte, após sofrer ele mesmo a falta. A jogada é precedida de um fora de jogo, somando-se este erro a um fora de jogo mal assinalado ao mesmo Téo que quase de certeza daria golo e a um penalty não assinado por mão de Mano. O Sporting não fez grande exibição mas foi pragmático. Slimani voltou a ser incansável mas a falhar golos feitos. Ruiz e William estiveram imperiais. Nas bancadas, mais de 40 mil apoiaram a equipa sem parar.

Pág. 3/3