Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Raúl reforma-se aos 38 anos com um título pelo Cosmos

16
Nov15

 

1.jpg

 

2.jpg

3.jpg

4.jpg

5.jpg

6.jpg

7.jpg

Raúl, mítico camisa 7 do Real Madrid, despediu-se ontem do futebol profissional. Fê-lo como sempre, a ganhar. Pelo Cosmos, onde Pelé brilhara cerca de trinta anos antes, venceu o Soccer Bowl, a Taça Woosnam e um Campeonato de Primavera. Mas, foi pelo Real que Raúl mais brilhou. Vindo das camadas jovens do Atlético, estreou-se aos 17 anos na equipa principal da maior equipa do mundo. Vestiu a camisola por 741 vezes e marcou 323 golos. Ajudou a vencer seis ligas, quatro supertaças, três Champions, duas Taças Intercontinentais e duas Supertaças Europeias. Nunca venceu a Taça do Rei. Durante o reinado em Madrid, nunca largou a camisa 7. Nem quando astros mundiais como Beckam, Figo ou Ronaldo chegaram ao Bernabeú. Foi capitão anos a fio mas e 2011, quando a idade não lhe pesava, foi empurrado. Sorte a do Shalke 04 que o recebeu de braços abertos. 98 jogos, 40 golos, uma Taça alemã e um Supertaça. Seguiu-se o Al-Saad do Catar (61 jogos e 16 golos) e o New York Cosmos (32 jogos e 9 golos). Pela seleção nunca ganhou nada, fazendo 102 jogos e marcando 44 golos. Um dos melhores jogadores de sempre de Espanha retirou-se. Começa a lenda.