Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

William lesionada cria novo problema a Jesus

14.07.15, Francisco Chaveiro Reis

ngDBDD9751-C8A6-4B65-93B4-872F727E909B.jpg

 

A  pré-época não está a correr bem ao Sporting. O clube começa a competir mais cedo do que o habitual e terá um agosto terrível com a Supertaça e a eliminatória de acesso à Champions. Esta parte já estava prevista. E os atrasos na chegada de jogadores que estiveram ou estão em competições de seleções (Gold Cup, Copa América ou Euro 2015), também.

 

Com o que Jorge Jesus não contava era com a demora nas contratações (Douglas, Téo Gutierrez e Mitroglou) e o falhanço noutras (Danilo Pereira). A isso juntaram-se lesões. Ewerton deve ficar de fora por três meses, após o clube ter dispendido 1,5 milhões para contar com ele e William Carvalho também deve ficar de fora alguns meses.

 

Facto é que, a menos de um mês do primeiro jogo oficial, o plantel não está minimanente definido. Faltam chegar dois centrais, um (ou dois, agora?) médio defensivo, um extremo (Capel e Labyad não parecem corresponder às altas expetativas) e um ou dois avançados. Falta, ainda, ganhar algum dinheiro (Slimani, Tanaka, Capel, Martins ou Sarr podem sair).

 

De hoje a uma semana, o Sporting parte para um estágio na África do Sul. Será cansativo mas aí Jesus já gostaria de ter a triagem feita. Adivinha-se uma semana muito intensa, com pouco tempo e menos dinheiro. E William, associado a gigantes do futebol europeu, não será vendido para já.

 

 

O Sporting hoje

13.07.15, Francisco Chaveiro Reis

DRjoaopereira1.jpg

 

O Sporting começa hoje mais uma semana de trabalho já com Esgaio, Oliveira, Tobias, Mané, William, Mário e Medeiros integrados. Para a entrada destes seis e com João Pereira, Teófilo Gutierrez e Konstantinos Mitroglou e um defesa-central quase certos, devem precipitar-se algumas saídas. Geraldes, Rabia, Sarr, Semedo, Slavchev, Rosell, Wilson ou Tanaka devem estar prestes a abandonar Alcochete. Vejamos então em que ponto está o Sporting de Jesus:

 

Baliza - Jesus não enjeitaria um segundo guarda-redes que desse mais luta a Patrício mas há outras prioridades. Patrício, Marcelo e Jug, por esta ordem devem ser os guardiões.

 

Defesa-direito - Lopes e Pereira são experientes, têm qualidade e devem ser as opções. Geraldes, Esgaio e Riquicho devem rodar em equipas de primeiro sendo que Geraldes está quase no Belenenses.

 

Defesa-esquerdo - Tudo indica que Jefferson e Silva se vão manter. O Sporting pede mais de 6 milhões pelo brasileiro, valor que "assusta" por um jogador que cumpre mas não encanta e já não tem 20 anos.

 

Defesa-central - Ewerton será, novamente, reforço de janeiro. O brasileiro ficará de molho três meses e depois demorarará a ganhar ritmo. Tobias e Oliveira devem ser as segundas opções, com Oliveira a estar uns níveis acima de Tobias. Faltam dois. Não acredito que só aterre um central no Sporting. Penso que serão dois, altos, com poder físico e com experiência. Dos falados, os meus favoritos são Sané e Douglas. Sarr e Rabia não contam.

 

Médio defensivo - Jesus quer um homem que garanta o equilibrio do meio-campo, protegendo as costas a cinco homens mais ofensivos. William é esse homem. Adrien e Wallyson podem fazer essa posição mas acredito que o Sporting esteja no mercado em busca de uma alternativa que esteve para ser Danilo. Rosell, Fokobo e Slavchev estão na porta de saída.

 

Alas - Para as alas, Mané e Gelson são opções para a direita. Carrillo, se renovar, como acredito, será o titular. Na esquerda, haverá Ruiz (atrasado na preparação). Faltará um. Creio que Capel e Labyad, mais pela atitude do que pela qualidade não vão ficar e penso que estará para chegar um extremo de grande qualidade. Heldon, Salomão e Wilson são para vender, Medeiros, para emprestar.

 

Médio ofensivo - Mário e Adrien lutarão por este posto. Talvez Gauld possa dar um da sua graça. Wallyson, Ruz e até Montero também podem ser opções. Duvido que Martins continue.

 

Avançados - Jesus quer dois de cada vez e a dupla mais provavél é Teo/Mitroglou. Viola, Montero e Rubio devem ser as outras oopções. É que, acredito, a venda de Slimani pode financiar todo o reforço da equipa. Tanaka e Dramé devem ser vendidos.  

68 milhões

12.07.15, Francisco Chaveiro Reis

raheem-sterling.jpg

Sterling é um extremo promissor. Despontou no Liverpool, onde "nasceu" e é chamado com frequência à seleção A. Aos 20 anos, é adorado pelos adeptos do KOP e tem um futuro risonho. Mas esta situação pode estar prestes a mudar. O City prepara-se para pagar 68 milhões de euros pelo seu passe, oferencendo-lhe 7 milhões pela assinatura e mais 250 mil euros por semana. Sterling passa de coqueluche de um grande clube para nova estrela de um clube novo rico. Por um lado, o City arrisca ao invetsir tanto num jogador que ainda tem muito por provar enquanto precisava era de craques já feitos para lutar pelo título. Por outro, aos 20 anos, aguentará o extremo a pressão de ser um dos jogadores que mais recebem no mundo? O Liverpool, esse, recebe mais uns milhões para desbaratar. Já se sabe que o clube de Anfield não sabe comprar. Veja-se o exemplo do ano passado. Vendeu Suarez e contratou Lovren, Balotelli, Lallana ou Markovic. Nenhum vingou.