Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

17
Jun15

Euro 2015 começa hoje

Francisco Chaveiro Reis

1024.gif

Começa hoje, na República Checa, o Campeonato da Europa de sub-21. Naquele país estarão reunidos alguns dos mais promissores futebolistas do Velho Continente, sendo que alguns deles, como Harry Kane, de Inglaterra e Tottenham, são já figuras de proa nas melhores ligas do mundo.

u21_ger_rom_leitner_hofmann_628.jpg

No Grupo A, jogam Alemanha, Dinamarca, Sérvia e a anfitriã, República Checa. A equipa alemã, sempre favorita em todas as provas onde entra, tem um belo plantel com craques como Ter Stegen, que defendeu a baliza do Barcelona na Champions (Bravo jogava na liga); Geis (Mainz e hoje associado ao Atlético de Madrid); Bittencourt (figura do Hannover após passar pelas escolas do Dortmund); Can (titular do Liverpool), Meyer (estrela no Shalke 04) ou Volland (goleador do Hoffenheim). Outros, não sendo fantásticos, acumulam experiencia na Bundesliga, como Leno (Leverkusen), Knoche e Arnold (Wolfsburgo) ou Schulz (Hertha). O extremo Gnabry (Arsenal) também mora aqui.

 

Os checos, com o fator casa do seu lado, são favoritos a seguirem em frente (teremos logo as meias finais, após a fase de dois grupos). Kadlec, ponta de lança que não vingou no Frankfurt e regressou ao Sparta, é o herói da equipa. Kalas, central dos quadros do Chelsea, é outra das figuras. Na Dinamarca, moram Sorensen (Hellas Verona), com o selo de qualidade da formação da Juventus (passou lá dois anos) e Andreas Christensen, dos quadros do Chelsea. Mas, é no meio campo que mora Hojbjerb, médio ofensivo dos quadros do Bayern e a grande esperança do futebol dinamarquês. O rápido extremo Viktor Fischer, do Ajax, promete mostrar-se, também.

 

Por fim, a Sérvia. O futebol balcânico dispensa apresentações e esta equipa conta com Jojic, médio ofensivo de grande qualidade, que mora em Dortmund. Djuricic, dez que o Benfica emprestou ao Southampton e Kostic, extremo que escapou ao Sporting há um ano, são outros jogadores a ter em conta.

Será muito equilibrado mas aposto que Alemanha e Rep. Checa estarão nas meias.

 

_81964659_tomcarrollgetty4.jpg

No Grupo B, mora Portugal. A equipa de Rui Jorge foi perfeita na fase de apuramento e, mesmo com Inglaterra, Suécia e Itália pela frente, promete ser uma das grandes favoritas. Na baliza, mora , do Marítimo. Na defesa, há Esgaio, Oliveira e Tobias, ligados ao Sporting e, ainda, o promissor Raphael Guerreiro, internacional A que deve deixar, em breve, o Lorient. Ricardo, do FCP, que aqui tem sido extremo goleador pode ser usado, também na defesa. Cancelo (Valência) ou Ilori (Bordeús) são outros homens de grande qualidade, estes com maior experiencia internacional.

 

No meio, mora William (Sporting), um dos mais cotados da prova. Para o ajudar a defender, há Neves (FCP). Para desequilibrar há Tozé e Sérgio (FCP) mas, sobretudo, Bernardo (Mónaco), Rafa (Braga) e Mário (Sporting).Para as alas do ataque, qualidade em abundancia: Mané e Iuri (Sporting), Cavaleiro (Benfica) e Horta (Málaga). Para além de Ricardo. Para 9 puro, Gonçalo (FCP).

 

A Inglaterra, contra quem Portugal joga já amanhã, está recheada de qualidade e de homens com experiencia de primeira divisão. Butland (Stoke) é um bom guarda-redes; Jenkinson (West Ham), Chambers (Arsenal), Stones (Everton) e Michael Keane (Burnley) são garantia de qualidade na defesa e, no meio, moram craques como Chalobah e Loftus-Cheek dos quadros do Chelsea, Lingard (United), Carroll (Tottenham), Prowse (Saints) ou Redmond (Norwich). Na frente, um dos melhores jogadores da Premier League este ano: Kane. Ings (Burnley) e Berahino (WBA) estiveram, também, em grande destaque ao longo da temporada e podem ser letais para qualquer defesa.

 

A Itália parece não ter uma geração de ouro, mesmo tendo jogadores interessantes. A vantagem será ter homens com rodagem na Série A como Rugani e Verdi (Empoli), Romagnoli (Sampdória), Zappacosta (Atalanta), Crisetig (Cagliari) ou Berardi (Sassuolo).

 

Por fim, temos a Suécia. Nela, destaque para John Guidetti, prodígio que está sem clube após ter acabado o vínculo que o ligava ao City. Hrgota, avançado do Borussia M´gladbach e Milosevic, central do Besiktas, são nomes interessantes.

 

Aposto em Portugal e na Inglaterra.

223449_med_portugal_v_holanda_sub_21_qual_euro_201

 

17
Jun15

Mais um borrego morto

Francisco Chaveiro Reis

eder-italy-portugal-international-friendly-0616201

 

Portugal de Fernando Santos voltou a "matar um borrego". Depois de vencer a Argentina e vencer na Arménia, bateu a Itália, 39 anos depois. O herói foi Éder que, contra todas as esperanças foi dos melhores em campo e marcou um belo golo, antecipando-se a Bonucci após trivela de Quaresma. A jogada começara com fabulosa jogada individual de Eliseu.

 

Em Genebra, provavelmente perante a ausência mal explicada de Ronaldo, apenas 18 mil compareceram para um jogo chato que serviu para ver Éder, Moutinho, Danilo e Eliseu deixarem bons pormenores. Fernando Santos apostou num 4-3-3, dando a titularidade a Beto, Fonte, Danilo, Éder, Quaresma e Varela, que corresponderam.

 

16
Jun15

A lista de Jesus

Francisco Chaveiro Reis

ng02C2286B-055E-4D49-BEC4-FA09D4A1F525.jpg

 

Que destino terão os homens que não cabem no plantel como Geraldes, Sarr, Rabia, Rosell, Martins ou Tanaka? Os emprestados como Esgaio, Semedo, Chaby, Viola, Slavchev,  Fokobo, Wilson, Heldon, Cissé, Iuri ou Betinho contam para Jesus? E os jovens da equipa B que precisam de competir em palcos mais estimulantes como Ribeiro, Riquicho, Mica, Sambinha, Palhinha, Geraldes, Gauld, Dramé, Ponde, Podence, Matheus, Sacko, Rubio ou Gelson? São muitos nomes para colocar. E não estão todos aqui. Começa aqui o desafio de Jesus.

16
Jun15

A evolução de Neymar Júnior

Francisco Chaveiro Reis

4797553_barcelona-star-neymar-produces-outrageous_

Nunca acreditei que Neymar fizesse na Europa muito mais do que Robinho. Falado para Chelsea e Real Madrid desde que era adolescente, o avançado brasileiro, deixou o Santos há apenas duas épocas (sinal de inteligência), reforçando o Barcelona. Os valores envolvidos e a polémica que daí veio não foram uma boa forma de começar mas, em campo, Neymar mostrou-se humilde (tornou-se subdito de Messi em vez de desafia-lo) e evoluiu. Muito. Primeiro ao lado de Messi e Alexis. Este ano, tem Messi e Suarez, formando um diabólico trio. Neymar assiste e marca. Muito. Mas Neymar, que não perdeu a malandragem da origem, é um homem maduro que vai atrás buscar jogo, que sabe pausar e que é decisivo em todas as fases do jogo. Vê-lo na selecção é ainda mais impressionante. Todos estão a léguas dele. Neymar é o matador, o ala e o dez do Escrete. Neymar está na fila para a Bola de Ouro. A bola à barra e o passe para Douglas Costa, este domingo, contra o Perú, provam-no.

15
Jun15

Jesus quer Raul Jimenez, Danilo Pereira, José Fonte e Raphael Guerreiro

Francisco Chaveiro Reis

1416348597138_Image_galleryImage_Portugal_s_Raphae

 

Jorge Jesus quererá ver no Sporting, quatro jogadores que já teria sugerido ao Benfica: Jimenez, Danilo, Guerreiro e Fonte.

 

Jimenez, internacional mexicano de 24 anos, é um avançado de grande qualidade. Seria perfeito para lutar com Slimani e até para fazer dupla com ele em jogos em que as equipas só queiram defender com 10 homens atrás da bola. Jimenez marcou apenas um golo pelo Atlético de Madrid, revelando problemas de adaptação e falta de qualidade para superar “monstros” como Torres, Mandzukic ou Griezmann. Pelo América tinha marcado 39 golos em 101 jogos e pela seleção, leva 6 golos em 29 jogos. Não são números bombásticos mas o potencial está lá. Benfica e FCP também o seguem. Aliás, vencer a concorrência dos rivais, seria mais um motivo de regozijo, para além de contratar um avançado de qualidade. Pode vir por empréstimo (o Atlético quer que o seu investimento dê frutos) ou em definitivo (o Atlético quer Vietto e Tevez e mesmo que perca dinheiro, pode querer amealhar o mais possível).

 

O caso de Danilo é mais simples. O Marítimo quer 4 milhões. O Sporting quer dar menos e está a fazer um jogo de paciência que pode acabar, uma vez que FCP e Benfica também estão atentos ao jovem português de 23 anos. Danilo é um seis de eleição que renasceu na Madeira após experiência falhada no Parma. Danilo está, até, preparado para render William, caso apareça um bom negócio. O Sporting terá que chegar ao valor pedido ou, poderá livrar-se de alguns jogadores com os quais não conta como Wilson Eduardo, Diogo Salomão ou André Geraldes.

 

Raphael Guerreiro, avaliado em cerca de 10 milhões, seria um bom investimento. Primeiro, acredito que o valor possa descer com a inclusão de Sacko ou Sarr no negócio, jovens internacionais por França, que nada fizeram em Lisboa. Nomes como Dramé ou Rabia também seriam interessantes para o clube francês, não o sendo no Sporting. Raphael tem tudo para ser um lateral de eleição e, tendo apenas, 22 anos, acredito que renda, daqui a um ano ou dois, 20 a 30 milhões.

 

Por fim, Fonte. Aos 31 anos, chegou a internacional e é capitão dos Saints, clube que tem marcado a sua posição na melhor liga do mundo. Não é de crer que queira regressar a um clube do qual foi dispensado, na melhor altura da sua carreira. Aliás, penso que só deixará Saint Mary para se juntar a um colosso como o United, Arsenal ou Chelsea.

15
Jun15

Batigol pode ter que ser amputado

Francisco Chaveiro Reis
15
Jun15

Candidatos desiludem

Francisco Chaveiro Reis

 

douglas-costa-brazil-peru-copa-america-temuco-1406

A Copa América leva já seis jogos. Depois da vitória da equipa da casa contra o Equador, os outros candidatos desiludiram. O Uruguai, recordista de vitórias na prova, suou muito para levar de vencida a modesta Jamaica. Os uruguaios, com mais qualidade e experiência, não souberam contrariar a garra jamaicana e venceram, à justa, por 1-0, com golo de Cebola Rodriguez. Cavani, esse, acumulou perdidas. A Argentina, até começou bem, chegando ao 2-0 ao intervalo graças a Aguero e Messi mas, nos últimos minutos, tiros de Valdez e Barrios deram o 2-2 final. Ontem, Brasil e Perú, protagonizaram jogo frenético. Cueva marcou aos 3 minutos para Neymar, aos 4, empatar. Apenas Douglas Costa, nos descontos, conseguiu dar a vitória ao Brasil.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Comentários recentes

Pesquisar