Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Riascos

29.10.14, Francisco Chaveiro Reis

La-negociación-por-Riascos-fue-cancelada.jpg

Segundo o site italiano Tuttomercato, o Sporting poderá atacar Duvier Riascos em janeiro. Um reforço de qualidade para o ataque seria bem vindo mas o jogador é dos mais bem pagos da liga mexicana e estará avaliado em 6 milhões de euros. Possante, o colombiano pode jogar nas alas do ataque ou no centro.

Marítimo e Espinho

27.10.14, Francisco Chaveiro Reis

1024.gif

 

O Sporting venceu o Marítimo e está no quarto posto da liga a um ponto do Guimarães, dois do FCP e três do Benfica. Com mais de 37 mil nas bancadas (o Sporting custumava ter entre 25 e 30 mil pessoas nas bancadas e agora atinge com frequência a marca dos 37 mil), o Sporting fez uma primeira parte quase perfeita, com exibição de luxo de Nani. Aos 8 minutos, Carrillo cruza e Bauer faz autogolo. Pouco depois, João Mário fez o 2-0 e, antes do intervalo, Oliveira, de cabeça, fe zo 3-0.

 

O problema foi o início da segunda parte. O Sporting entrou em campo como se a vitória tivesse garantida e contando com a passividade da esquerda da defesa (Maurício/Jonathan) sofreu dois golos. Mazoou, de cabeça e, depois com um remate pronto, fez os dois golos insulares. O Sporting acordou e chegou ao 4-2 através de um golão de Montero. Já antes, poderia ter feito o quarto e, depois, poderia ter feito o quinto. O Sporting foi muito superior, pese embora a qualidade de alguns marítimismas como Maazou ou Ruben Ferreira, e não devia ter dado azo a sofrimentos. Tanaka estrou-se em jogos oficiais e Lopes regressou à equipa, já com um salário de acordo com a atual situação do clube.

 

Na próxima ronda da Taça de Portugal,o Sporting vai a Espinho, defrontar o Sporting local. Após vários jogos a alta rotação, Marco Silva poderá dar minutos a homens como Boeck, Lopes, Rosell, Martins ou Tanaka.

Ronaldo é de outro mundo

24.10.14, Francisco Chaveiro Reis

unnamed.jpg

Cristiano Ronaldo é o protagonista da nova campanha da Nike que marca o lançamento das Mercurial Superfly CR7.

 

No filme, Ronaldo descobre as novas Mercurial Superfly CR7 num meteorito que acabou de atingir a terra. Quando chega ao local e calça as botas, ganha superpoderes explosivos.

 

Numa viagem supersónica à volta do planeta, CR7 é mais rápido que um caça, destrói um detetor de velocidade da polícia, joga partidas em diferentes locais do mundo e ainda treina em altitude extrema numa montanha de neve, antes de regressar a Madrid - tudo isso na preparação para El Clásico.

 

 

LINK PARA VÍDEO:

 

http://youtu.be/zXhfwbjSovs 

Ronaldo vai bater Pinto com estas novas botas

23.10.14, Francisco Chaveiro Reis

 

unnamed.jpg

 

unnamede.jpg

Cristiano Ronaldo vai estrear as novas Mercurial Superfly CR7 este fim-de-semana em Madrid. As novas botas apresentam uma silhueta preta clássica com um toque cintilante e estão disponíveis em duas versões.

 

“Estas novas botas adaptam-se muito bem porque são elegantes, bonitas e porque realmente brilham de uma forma nova e diferente”, refere Ronaldo. “Eu sempre gostei de experimentar novas botas, novas coleções, novas cores. Obviamente é um jogo especial, esta semana, com uma grande equipa e eu estou muito entusiasmado por jogar com umas botas com as quais me sinto muito bem”.

 

“A nossa equipa inspirou-se na ideia de trazer uma cor clássica e fazê-la parecer totalmente nova”, refere Max Blau, VP Global Football Footwear. “O que fizemos aqui foi criar uma forma totalmente nova de olhar para o preto.”

 

O efeito brilhante das novas Mercurial Superfly CR7 é criado através de uma nova iteração da tecnologia Nike Skin.

 

“Nós queríamos criar este efeito brilhante em campo, e fazer algo que realmente se destacasse ao sol ou sob os holofotes, mas ainda levámos algum tempo a chegar ao caminho certo”, diz Blau.

 

“A ideia foi inspirada por Cristiano”, acrescenta Blau. “As suas habilidades técnicas fazem dele o melhor atacante em campo, e a forma como ele aparece nos grandes jogos e como realmente brilha, é o que faz dele o melhor.”

 

As Mercurial Superfly CR7 foram concebidas especialmente para a velocidade. A gola Dynamic Fit permite um ajuste mais bloqueado na velocidade máxima, a tecnologia Nike Flyknit na parte superior oferece uma sensação de pés descalços com um ajuste e controlo sem precedentes. A placa de fibra de carbono foi concebida para proporcionar uma velocidade explosiva em todas as direções.

 

“Quando Cristiano viu as botas pela primeira vez, ficou rendido.” Refere Blau. “Ele disse-nos que adorou a elegância e sofisticação das Mercurial”.

 

A nova Mercurial CR7 está também disponível na silhueta Mercurial Vapor X, permitindo aos jogadores decidir qual a altura de ‘gola’ que melhor se adapta ao seu pé.

 

A Mercurial Superfly CR7 e a Vapor X vão estar disponíveis para compra em exclusivo através da App Nike Football – para iOs e Android - a partir de 23 de Outubro e através de nike.com a partir do dia 24 Outubro. A colecção completa CR7 vai estar disponível em nike.com a partir de 6 de Novembro.

 

Descubra aqui mais sobre a App Nike Football.

 

Imagens em alta resolução:

http://news.nike.com/news/new-mercurial-superfly-cr7-shines-bright

Vídeo da campanha:

http://youtu.be/gLjZlINoRS0

4-3

22.10.14, Francisco Chaveiro Reis

schalkesporting5.jpg

 

 

O Sporting perdeu 3-4 em Gelsenkirchen. Este é o resultado que fica para a história, sendo o facto que o Sporting está no último lugar do grupo, com um ponto em três jogos e 6 golos sofridos contra cinco marcados.

 

O Sporting começou bem melhor, dominando a equipa alemã e marcando aos 16 minutos por Nani, que contou com a ajuda de Farhmann, guardião do adversário. Depois, a primeira contrariadade: lesão de Slimani. Mas, Montero, sendo totalmente diferente, deu conta do recado e arrancou uma bela exibição. Tudo começou a correr mal quando, aos 30 minutos, após falta desnecessária, Maurício é expulso. O brasileiro, grande responsável pela não vitória em Maribor, voltou a custar caro ao Sporting. Obasi, contando com um frango de Patrício, empataria de seguida.

 

Na segunda parte, o Sporting foi-se abaixo e sofreu mais dois golos. Huntelaar, em fora de jogo, fez o 2-1 e Howedes, de cabeça, fez o 3-1. Sarr teve culpa nos dois. Imperial, Paulo Oliveira merece melhor companhia. O Sporting, mesmo com dez, teve reação de leão chegou ao 3-3. Adrien, de penalty, e, depois de cabeça, foi o herói. Quando até era o Sporting que estava em cima, já com Capel em campo, uma situação kafkiana: o árbitro russo inventou um penalty a poucos segundos do fim da partida. Marcou mão na bola, quando a bola bateu na cara do defesa do Sporting. Choupo-Moting, associado ao Sporting na pré-época, fez o golo da vitória.

 

O Sporting pode queixar-se de Sarr e Patrício mas, principalmente de Maurício e do árbitro. Nani, Carrillo, Adrien, William e Oliveira voltaram a fazer exibições de luxo.

Vencer!

20.10.14, Francisco Chaveiro Reis

veltins6.JPG

 

 

O Sporting joga amanhã em Gelsenkirchen ante do Shalke 04, equipa que luta com o clube de Alvalade pela segunda vaga nos oitavos. O primeiro posto, esse, esteve sempre entregue ao Chelsea. O clube alemão ocupa, atualmente, a nona posição com apenas três vitórias em oito jogos e, mesmo tendo craques como Huntelaar, Farfán, Boateng ou Draxler nas suas fileiras, não é uma grande equipa. O Sporting não terá vida fácil mas tem grandes hipóteses de ganhar se tiver o seu meio-campo ao nível habitual, Nani a comandar e Slimani certeiro. E, claro, se a defesa não der presentes ao adversário. Creio que o Sporting tem tudo para vencer o Shalke nestes dois jogos.

Milan volta a vencer. Jogo louco em Milão.

20.10.14, Francisco Chaveiro Reis

_78387924_hernanesap.jpg

 O Milan de Pippo Inzaghi continua a dar nas vistas. Desta vez, 1-3 ao Hellas Verona com um autogolo de Rafael Marques (não Rafael Marquez, seu companheiro de defesa) e dois de Honda, estrela da equipa e já melhor marcador do Calcio. Nico Lopez ainda reduziu. Nota negativa para Torres, que se arrastou em campo até ser substituído por Menez.

Em Milão, o Inter empatou a duas bolas com o Nápoles, num jogo com um final louco. Callejon, aos 79 minutos fez o 0-1. Guarín empatou aos 82. Hernanes, numa grande cabeçada, fez o 2-1 mas, logo de seguida, Callejon bisou.

Sem espinhas

20.10.14, Francisco Chaveiro Reis

17510688_ePTZA.jpeg

 O Sporting ganhou, sem espinhas, no Dragão, dominando um FCP desorientado. Logo aos 40 segundos, Nani atirou uma bola ao poste, avisando que o Sporting estava ali para vencer. No entanto, seria Marcano, na própria baliza a fazer o 0-1. Seis minutos depois, o empate por Jackson (belo chapéu). No entanto, falha de Casemiro e Maicon, permitiu a Nani fazer o 1-2 ao intervalo. O FCP tentou reagir e até ganhou um penalty mas Jackson permitiu a defesa de Patrício. O FCP quebrou definitivamente e o Sporting acabou por chegar aos 1-3 por Carrillo após jogada de Slimani. Rosell esteve muito perto de fazer o 1-4. Lopetegui continua a inventar e terá visto um jogo diferente, afirmando que a sua equipa dominou. As bancadas do Dragão fizeram-se ouvir.

Vitória miraculosa

15.10.14, Francisco Chaveiro Reis

rrrrrrrrrr-3799.jpg

 Quando já nada o fazia prever, Portugal ganhou na Dinamarca. 0-1 com golo de Ronaldo aos 94 minutos de jogo, após bom cruzamento de Quaresma. Éder, que continua sem marcar golos, arrastou a defesa, sendo essencial no golo. Ao primeiro golo oficial, Fernando Santos, que até se pôde sentar no banco, somou a primeira vitória. Num grupo onde moram, ainda, Sérvia, Albânia e Arménia, Portugal, mesmo longe da Geração de Ouro, pode passar, sem problemas. Ricardo Carvalho foi um senhor na defesa e William no meio. Eliseu, Moutinho, Nani e Danny desiludiram. Ronaldo esteve uns furos abaixo do esperado mas, marcando o golo vitorioso, tudo se lhe desculpa.

 

No grupo de Portugal, Sérvia e Albânia estavam empatadas até que um drone invadiu o campo e a política comeu o futebol. A Alemanha, sim, a campeã mundial, após perder na Polónia, empatou, em casa, com a Rep. Irlanda. Já a Polónia, empatou em casa, 2-2, com a Escócia. Destaque, ainda, para o Finlândia 0 Roménia 2 (Stancu, Rusescu, Tanase ou Chiriches formam uma equipa interessante) e para o Grécia 0 Irlanda do Norte 2.

 

 

Pág. 1/3