Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

26
Set14

Logo

Francisco Chaveiro Reis

 

 

O FCP tem um plantel fabuloso para a realidade portuguesa e é favorito mas, o Sporting joga em casa, está motivado pela goleada em Barcelos e tanto Marco Silva como os jogadores querem mostrar qualidade. Ou seja, o jogo de amanhã, promete. O FCP vai apresentar-se sem Maicon, castigado, mas tem um lote de craques que inclui Jackson, Brahimi, Tello, Óliver ou Adrián. Depois do empate ante do Boavista, Lopetegui quer regressar às vitórias. Já o Sporting, finalmente venceu e convenceu e quer dar continuidade ao bom momento antes de receber o Chelsea.

 

Os onzes devem ser: Patrício, Cédric, Maurício, Sarr e Jefferson; Mário, William e Adrien; Nani, Slimani e Carrillo // Fernandez, Danilo, Marcano, Indi e Sandro; Casemiro, Herrera e Oliver; Quaresma, Jackson e Brahimi.

 

Pontos fortes

 

O Sporting joga em casa, está motivado, tem Adrien-Nani-Mário em forma e tem Carrillo e Slimani com vontade de mostrar serviço

 

O FCP tem melhor plantel, tem feito uma época melhor e costuma fazer bons resultados em Alvalade

 

 

Pontos fracos

 

O Sporting tem um centro da defesa fraco e tem menos sloluções no banco do que o FCP

 

O FCP parece uma equipa irregular

22
Set14

Milan perde

Francisco Chaveiro Reis

 

 

 

O belo Milan de Inzaghi sofreu o primeiro revés ao ser batido, em casa, pela campeã Juventus. Carlitos Tevez desiquilibrou um jogo equilibrado no qual o Milan não contou com Diego Lopez, Bonera e Alex. Torres estreou-se, ainda, sem brilhar.

22
Set14

Goleadas

Francisco Chaveiro Reis

 

 

 

O Barcelona foi a Valência golear o Levante por 0-5 e lidera, só com vitórias, a liga espanhola. Ainda assim, o jogo mais espetacular deu-se na Corunha onde o Real goleou o Depor por 2-8. Ronaldo (3) foi a figura mas, Javier "Chicharito" Hernandez entrou a tempo de se estrear a marcar pelo Real, bisando, sendo o primeiro golo, um golão.

22
Set14

Ufa

Francisco Chaveiro Reis

 

 

O Sporting goleou o Gil Vicente e quebrou uma série de empates. Com Maurício e Sarr firmes na defesa, as mudanças no onze passaram pela inclusão de Jonathan no lugar do castigado Jefferson; de João Mário no lugar de Martins e de Capel no lugar de Carrillo. A entrada de Mário foi essencial no bom futebol apresentado e o jovem médio ofensivo foi mesmo o melhor em campo, fazendo duas assistências e maravilhando os adeptos. Na baliza, pouco trabalho para Patrício. Na defesa, Maurício e Sarr foram pouco incomodados mas reagiram bem ao descalabro de Maribor e, nas alas, Cédric e, sobretudo, Jonathan estiveram bem. O argentino tem tudo para, semana mais semana, ganhar o lugar a Jefferson. Já Cédric, mesmo cumprindo, penso que é inferior a Esgaio.

 

No meio, esteve a virtude. William ainda não está ao nível do ano passado mas subiu em relação aos últimos jogos. Rosell, que o rendeu, cumpriu. No eixo Adrien-Mário-Nani esteve a chave do jogo. Adrien, sem Martins e Nani a invadir o seu espaço como nos jogos anteriores, chegou-se mais à frente, criando mais e, sobretudo, rematando, fazendo assim o primeiro. Mário, para além de ser dez e fazer bons passes a isolar os seus colegas soube ir para a direita do ataque quando Nani fletia para o meio. Algo que Martins não faz, fazendo com Adrien, Martins e Nani ocupem o mesmo espaço.

 

No ataque, Nani voltou a marcar a diferença, Capel pouco fez e Slimani, mesmo após uns falhanços, fez jogo positivo e marcou. Carrillo entrou bem e marcou o terceiro golo na liga. Montero cumpriu, ainda, 15 minutos.

 

Vejamos como se porta a equipa ante do FCP, já na sexta.

18
Set14

Segunda noite de Champions

Francisco Chaveiro Reis

 

 

No outro jogo do grupo do Sporting, 1-1. O Chelsea deixou Costa no banco mas até marcou cedo por Cesc. Huntelaar empatou.

 

O FCP, esse, não se atrapalhou e, na estreia na Champions, goleou o BATE por 6-0. Adrian, titular, Brahimi (três golos!), Jackson e Aboubakar fizeram os golos, numa exibição esmagadora. No outro jogo do grupo, 0-0 entre Athletic e Shaktar.

 

No jogo do dia, o Bayern sofreu para bater o City. O único golo surgiu por Boateng ao cair do pano. Antes, Muller e companhia desperdiçaram golos sem fim. Em Roma, goleada. A equipa de Rudi Garcia deu 5-1 ao CSKA: Iturbe, Gervinho (2), Maicon, Ignasevicth (AG) e , marcaram para a Roma. Musa reduziu.

 

No regresso de Ibra à ArenaA de Amesterdão, 1-1 entre o Ajax e o PSG. Cavani marcou cedo e o PSG dominou totalmente. Não conseguiu foi marcar o segundo. Schone, de livre, empatou e, contra corrente, da mesma forma, quase bisou. Em Barcelona, vitória magra sobre o APOEL. Piqué fez o 1-0 final.

18
Set14

Maurício e Sarr deixam 500 mil euros e 2 pontos na Eslovénia

Francisco Chaveiro Reis

 

 

O Sporting voltou a empatar a uma bola (resultado final de quatro dos cinco jogos oficiais disputados), falhando a conquista da vitória, e de um milhão de euros, no regresso à Champions.

 

Apesar de fazer uma exibição sofrível, o Sporting dominou, muito graças a Nani e a Carrillo, mais a espaços. O golo, esse, após muito desperdício, apareceu aos 80 minutos por Nani (quem mais?). Em cima do minuto final, Sarr corta de cabeça para trás e Maurício faz uma rosca. Resultado: de um lance sem perigo, os dois centrais fizeram um golo. A aselhice isolou Zahovic que empatou a partida na sua estreia na Champions.

 

O problema do Sporting não é só a defesa mas, é, principalmente a defesa. Maurício nunca terá qualidade para o Sporting e se falha assim ante do Maribor, posso apenas imaginar, com terror, o que fará ante de Diego Costa ou Huntelaar. Sarr, esse, aos 20 anos, ainda não tem qualidade para ser titular. O pior é pensar nas alternativas. Paulo Oliveira não tem sido aposta. Será mesmo pior que Sarr? E Rabia? O que esperar dele? Resta Tobias, grande esperança.

 

No meio e no ataque mais preocupações. Adrien e William não parecem os mesmos e Martins falha, joga após jogo, a sua realização como jogador de topo. É urgente a aposta em João Mário. Rosell e Slavchev, esses, parecem não contar assim tanto, sem falar em Gauld.

 

Nas alas, Nani e Carrillo puxam a equipa mas, falta quem marque golos. Slimani anda trapalhão, Montero não é goleador e Tanaka nem joga. O que será deste Sporting?

 

Como já antes escrevi, Esgaio, Tobias e Oliveira devem ser titulares. Os dois primeiros são muito jovens mas têm qualidade. Oliveira, adaptado à nossa liga, é melhor do que a atual dupla de centrais. No meio, devem jogar apenas dois homens e, Montero, evoluído tecnicamente tem que jogar nas costas de Slimani.

 

Acabe-se com a apatia, sob pena de, mais jogo menos jogo, Silva ficar em risco e começar um período de mais instabilidade.

Para mim, o Sporting tem que jogar com: Patrício, Esgaio, Tobias, Oliveira e Jefferson; Nani, William, Adrien e Carrillo; Montero e Nani. Mário e Mané devem ser opções regulares e Gauld tem que ser lançado aos poucos. Com este onze poderemos ter uma equipa de alguma qualidade. Campeões é que não vamos ser.

 

Em cinco jogos, quatro empates, uma vitória, cinco golos marcados e quatro sofridos enfrentando equipas modestas como Académica, Arouca, Belenenses e Maribor. Estes são os números cruéis.

17
Set14

Rola a bola

Francisco Chaveiro Reis

 

 

Começou a Liga dos Campeões 2014/2015. Em Lisboa, o Benfica viu-se a perder muito cedo, graças a golo de Hulk. Aos 20 minutos, Artur foi expulso e, pouco depois, Witsel fez o 0-2 final. O Benfica teve grandes dificuldades perante as diagonais dos russos e Hulk e Shatov foram sempre perigos à solta. Ainda assim, o resultado não sofreu alterações. Salvio foi o melhor benfiquistas.

 

No mesmo grupo, bela noite para os portugueses. Após péssima entrada na liga francesa, o Mónaco de Jardim venceu o Leverkusen. 1-0, golo de Moutinho. Bernardo Silva saltou do banco para ser um dos melhores em campo. O Mónaco foi superior ante um Leverkusen de grande qualidade. Eis um grupo que promete.

 

Em Madrid, o Real recebeu o Basileia de Paulo Sousa e goleou. Suchy (AG), Bale, James, Ronaldo e Benzema marcaram para os da casa. Derlis reduziu. Em Anfield, Balotelli estrou-se a marcar e, quando o fez, aos 81 minutos, pensava-se que o 1-0 seria o resultado final. Mas, o Ludogorets empataria em cima dos 90 por Abalo (ex-Beira-Mar). Gerrard, de penalty, salvou os reds.

 

Em Atenas, surpresa. O Olympiacos bateu o Atlético, finalista da última edição. Masuaku, Afellay e Mitroglou marcaram para os da casa. Mandzukic e Griezmann para os forasteiros.No outro jogo do grupo, Carlitos Tevez resolveu, bisando no 2-0 da Juventus ao Malmo.

 

No jogo da noite, o Dortmund, mesmo sem vários habituais titulares bateu o Arsenal por 2-0. Immobile e Aubameyng fizeram os golos. Na Turquia, 1-1 entre Galatasary e Anderlecht.

Pág. 1/3

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Comentários recentes

Pesquisar