Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Paulo Fonseca demitido

05.03.14, Francisco Chaveiro Reis

 

Paulo Fonseca, que hoje completa 41 anos, já não é o treinador do FC Porto. Fonseca, após uma grande época ao leme do Paços, foi uma escolha natural apesar de muitos adeptos terem torcido o nariz. Luís Castro, que comanda a equipa B, líder da segunda liga, é o novo treinador, pelo menos para já. Praticamente afastado da luta pelo título, o FCP pode ainda apostar na Liga Europa, na qual defronta o Nápoles nos oitavos. Com um plantel que conta com individualidades como Jackson, Quintero, Quaresma ou Fernando, o FCP pode sonhar com um bom final de época. O novo treinador terá algumas tarefas primordiais como: motivar Jackson que, em condições normais, é o melhor avançado da nossa liga; dar a titularidade e fazer brilhar Quintero, um dos melhores jogadores a atuar na nossa liga; dar consitência ao meio-campo (uma dupla Defour/Fernando atrás de Quintero e Herrera de fora) e, sobretudo encontrar uma defesa que resulte (com Danilo, Maicon e Mangala não deveria ser assim tão difícil). Castro tem qualidade e pode ficar até ao fim da época mas Marco Silva, do Estoril, é um nome muito falado. Defendo que, nesta fase, um homem mais experiente seria mais benéfico.

Iuri

04.03.14, Francisco Chaveiro Reis

 

 

 Iuri Medeiros é um extremo de grande futuro mas, segunda Abel, treinador da equipa B, a sua atitude no último jogo não terá sido a melhor. Ainda que indiretamente, o treinador criticou o jovem. Quanto a mim, as críticas devem fazer-se dentro do balneário.

Rambé?

04.03.14, Francisco Chaveiro Reis

 

 

Segundo a edição de hoje d´A Bola, o Sporting está interessado em Rambé. Tal como Sami, não se entende. O Sporting deve apostar em jogadores de grande qualidade para ter possibilidade de fazer boa figura na Champions, afinal para além dos cerca de 8 milhões que a entrada direta garante, cada vitória vale 1 milhão de euros. E, cada euro faz falta ao Sporting. Rambé é um avançado móvel interessante mas não tem mais qualidade do que Iuri, Chaby ou Esgaio e aos 24 anos, nem é titular absoluto do Belenenses. Pode fazer uma carreira na primeira divisão (onde joga há poucas semanas) mas não serve para o Sporting.

Escorregadela em Guimarães

03.03.14, Francisco Chaveiro Reis

 

 

O FCP empatou em Guimarães e está mais longe do primeiro lugar. O campeão até começou bem e chegou ao 2-0, com golos de Quaresma e Licá. Pouco antes do intervalo, Mazoou reduziu e aos 52 minutos, Marco Matias fez o 2-2 final. A equipa da casa esteve melhor na segunda parte e esteve bastante perto de fazer o 3-2. O FCP está a 9 pontos do Benfica e já a 4 do Sporting.

 

Líder destacando manté-se o Benfica, bem lançado para o título. No Restelo, ante de uma das mais fracas equipas da liga, até podia ter empatado (golo mal anulado a Caiero) mas venceu por 0-1 com mais um grande golo de Gaitán. O Benfica é a melhor equipa da liga e dificilmente não a vencerá.

 

Em segundo lugar, contra o que seria de esperar no início da época, está o Sporting. Ante 30 mil pessoas, virou o resultado contra o Braga. Numa infelicidade tremenda, Rui Patrício fez autogolo. Slimani teve boa oportunidade para empatar ainda antes do intervalo mas, o 1-1 só chegaria na segunda parte. Jefferson, à falta de Adrien, estreou-se a marcar pelo Sporting (para já, os seus temíveis livres diretos ainda não se viram apesar da boa época que está a fazer). Slimani, voltou a ser decivo, e fez o seu quinto golo na liga. A continuar assim, ainda apanha Montero (13). William, como habitualmente, voltou a mostrar acerto. Carrillo, pese embora a qualidade que tem voltou a estar errante. No Braga, destaque para a boa exibição de Aderlan Santos, central de grande qualidade, que não ficará muito mais tempo em Portugal e para Rafa - o Hazard português - que voltou a mostrar fantásticos pormenores. Desta vez, Alan não conseguiu marcar em Alvalade.

 

Por último, destaque para o Estoril. Mesmo tendo perdido Vitória, Jefferson, Carlos Eduardo ou Luís Leal, o clube da linha continua em grande e é quarto à frente de clubes com mais dinheiro e tradição como Braga, Guimarães, Nacioal ou Marítimo. Esta semana, 4-0 ao Olhanense com dois de João Pedro Galvão.

 

 

Vencer o Braga!

01.03.14, Francisco Chaveiro Reis

Aposto em: Patrício, Cédric, Maurício, Rojo e Jefferson; Martins, William e Magrão; Mané, Slimani e Héldon.

Pág. 3/3