Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Sami não vem. Maurício vai a Vila do Conde e Shikabala vai a Moreira de Cónegos. Sporting pode dormir em segundo no sábado.

Francisco Chaveiro Reis
21
Fev14

Sami, extremo do Marítimo, não jogará pelo Sporting. O Sporting terá chegado a acordo com o clube mas não com o representante do jogador. É uma boa notícia. Sami está longe de ser o craque que o Sporting precisará, na próxima época, para chegar ao título. Partindo do princípio de que o plantel vai manter Héldon, Wilson, Mané e possivelmente promover Iuri (Esgaio pode ser usado a médio e Carrillo e Capel devem ser vendidos), o Sporting precisará de uma real mais valia para as alas, mesmo que Viola regresse.

 

Noutro âmbito, Maurício, apanhado na noite e a conduzir com álcool a mais, foi multado em 1500 euros mas será titular contra o Rio Ave. Má decisão, quanto a mim. Do ponto de vista da firmeza, o Sporting deveria ter sido mais duro (como foi com Semedo, se bem que se tratava de um caso mais grave). Se Maurício fosse castigado e afastado, o Sporting teria de jogar contra o Rio Ave com uma dupla  jovem composta por Semedo-Eric. Essa terá sido a verdadeira razão do não afastamento.

 

Shikabala está recuperado e deve ser titular contra o Moreirense, pelo Sporting B. O médio terá oportunidade de jogar, com o objetivo de ser convocado para o jogo com o Braga. Chegado em janeiro, o criativo precisa de tempo, mas, pelo que se escreve, a qualidade está lá e não engana.

 

Amanhã há jogo importante. O Sporting defronta o belo Rio Ave, bem orientando e com jogadores de grande qualidade. Ainda assim, é favorito. Jardim deve apostar em: Patrício, Cédric, Eric, Maurício e Jefferson; Martins, William e Adrien; Mané, Montero e Heldon. Não é de afastar a titularidade de Slimani, no lugar de Mané. Semedo deve ser chamado, face à ausência de Rojo. Jogando primeiro do que os adversários diretos, o Sporting terá o consolo emocional de passar a noite no segundo posto, caso vença.

 

Espera-se que Montero chegue, finalmente, ao 14.º golo após a sua seca. O avançado continua a jogar bem e a ser decisivo mas, já se sabe que o colombiano vive de golos e a sua motivação desce de jogo para jogo. Slimani está à espreita mas, o argelino é mais um bom suplente do que um titular sólido.

 

 

 

 

 

Empate caseiro, vitória fora

Francisco Chaveiro Reis
21
Fev14

 

Sorte diferente para as equipas portuguesas nos 16avos da Liga Europa. Em Salónica, num ambiente fanático, o Benfica levou a melhor, vencendo por 0-1, golo de Lima mesmo com algumas ausências importantes como Garay ou Cardozo. Já o FCP deixou-se empatar após ter alcançado dois golos de vantagem. Quaresma (golão) inaugurou o marcador e Varela, já na segunda parte, fez o 2-0. Joselu reduziu e Alex Sandro, num autogolo estranho empatou a partida. Ghilas falhou, perto do fim, o 3-2.

 

Nos outros jogos, destaque para a Juve, grande favorita à vitória final, a bater, em casa, o Trabzonspor por 2-0 com golos de Osvaldo e Pogba. Depois, as surpresas. O Ajax deixou-se golear em casa pelo Red Bull da Áustria por 0-3. Na Ucrânia, o Valência venceu por 0-2, uma equipa com Veloso, Belhanda ou Lens

Atlético e Bayern seguem exemplo de Barcelona e PSG

Francisco Chaveiro Reis
20
Fev14

Milan e Arsenal estão praticamente fora da Champions. Os rossoneri perderam em casa com o Atlético de Madrid por 0-1, golo de Diego Costa. A equipa de Seedorf até deu a sensação de dominar a partida mas nunca foi perigosa. Os espanhois nos últimos dez minutos saíram da casca e o 0-2 esteve sempre perto de acontecer. 0-2 que aconteceu em Londres. Poucas equipas conseguem fazer frente ao Bayern e o Arsenal não está nesse lote. Com menos um jogador, após expulsão exagerada do seu keeper, o Arsenal deu fraca réplica. Alaba e Ozil falharam um penalty para cada lado antes de Kroos (grande golo) e Muller sentenciarem o jogo e, provavelmente, a eliminatória.

Barça e PSG quase nos quartos

Francisco Chaveiro Reis
19
Fev14

Barcelona e PSG estão, praticamente nos quartos da Champions, após vitórias fora de casa. O Barcelona bateu o City por 0-2 com golos tardios de Messi e Daniel Alves. Melhor ainda esteve o PSG que dominou totalmente o Leverkusen. Logo aos 3 minutos, Matuidi fez o 0-1. Ibrahimovic (2) e Cabaye resolveram a partida. Interessante a prestação do jovem Brandt, 18 anos, que fez a segunda parte pelo Leverkusen e mostrou pormenores de grande classe.

O que fazer a Capel?

Francisco Chaveiro Reis
18
Fev14

Diego Capel renasceu no Sporting após ter perdido espaço no Sevilha. Durante dois anos encantou Alvalade com as suas arrancadas. No entanto, sempre foi limitado tecnicamente, destacando-se pela garra numa equipa que não a tinha. Este ano perdeu espaço para Wilson (não é melhor) e com a chegada de Heldon tem ainda menos espaço. Não surpreende que o Sporting o queira vender mas, nesta altura restam-lhe poucas opções como a Rússia e o seu valor será mais baixo do que nunca. O que fazer? Quanto a mim, numa equipa em que Carrillo continua a ser intermitente; Mané ainda é muito jovem e Wilson é ainda mais limitado, Capel deve continuar, pelo menos até ao verão.

Mão firme

Francisco Chaveiro Reis
18
Fev14

Maurício terá sido apanhado a conduzir alcoolizado no Porto. Quanto a mim, deve ser multado e deve ficar de fora dos convocado para Vila do Conde. Magrão também estaria no carro.

Esta Juve

Francisco Chaveiro Reis
17
Fev14

 

Vi ontem o Juventus-Chievo e, apesar da Juventus dominar o Calcio nos últimos anos com este futebol, não posso deixar de ficar maravilhado. Na baliza,o eterno Buffon ainda dá conta do recado. Quando se reformar, Leali estará preparado. Na defesa, regresso aos três homens dos anos 90. Ontem jogaram Cáceres, Bonucci e Ogbonna. Ainda há Peluso mas, Leo Bonucci costuma ser acompanhado por Barzahli e  Chiellini. Uma defesa experiente, que não treme e lança o jogo.

 

O verdadeiro segredo reside no meio-campo. Nas alas, dois carrileros de topo. Lichsteiner na direita e Asamoah na esquerda. O suíço é uma das estrelas da equipa tendo ganho muito com o novo papel. Isla é o seu substituto em caso de necessidade. O ganês será dos mais fracos da equipa mas ontem fez belo jogo e marcou um golão. No centro, o ouro. Dois médios que fazem a equipa avançar. Pirlo, 34 anos, recupera bola mas, sobretudo pauta o jogo, determina o ritmo, marca bolas paradas e alguns golos e é o homem mais influentes. Ao seu lado, jogou Vidal, jogador de raça que parece estar em todo o lado. A ajudar a defesa e a marcar golos no espaço de segundos. Pogba, um dos mais promissores médios do mundo é outra opção. À frente destes dois, jogou Marchisio. Com ADN Juve, o italiano ontem também marcou e fez boa exibição.

 

Apesar de levar 59 golos na liga, o ataque parece não estar tão oleado como esperado. Quando o estiver, a Juve terá tantas possibilidades de ser campeã europeia como o Bayern.

 

Ontem, jogaram Giovinco, mais vagabundo e Llorente, preso de movimentos e sem estaleca para este tipo de futebol, mesmo tendo marcado e levando 10 golos. Tevez (13 golos) costuma ser titular. Sobram, ainda, Quagliarella, bom suplente que recentemente renovou; Vucinic que já teve os seus dias de glória mas esteve quase a ser transferido em janeiro e Osvaldo, mais conhecido pelos problemas fora de campo do que pelo desempenho. Falta  claramente um avançado móvel mas goleador que melhor se dê com Tevez mas, esta Juventus é uma temível máquina de bom futebol. E, muito eficaz.

 

Pirlo

Francisco Chaveiro Reis
17
Fev14

Pirlo sempre foi um jogador de topo mas, vendo-o ontem, ante do Chievo, a comandar a Juve com classe, aos 34 anos, faz-me repensar na sua não inclusão no top três de melhores do mundo. Ainda vai a tempo?

1-0

Francisco Chaveiro Reis
17
Fev14

O Sporting voltou às vitórias (12.ª em 19 jogos) na liga portuguesa, tendo batido o Olhanenense por 1-0. O Sporting está no terceiro posto, a apenas um ponto do segundo; é a melhor defesa da competição e o segundo melhor ataque, com menos um golo do que o FCP. Seria difícil pedir mais a um plantel jovem, barato e curto.

 

Claro que os 30 mil que se deslocaram a Alvalade numa noite fria de fevereiro, esperavam mais do que um golo mas, o azar, desacerto e Belec não deixaram. O segundo golo até entrou e foi mal anulado (Montero bem o procurou e mereceu) e calculo que a história teria sido bem diferente se o Sporting se visse a vencer 2-0 à meia hora. Mas, o facto, é que o Sporting venceu por apenas 1-0.

 

Cédric, Jefferson, Adrien, William e Montero estiveram, como sempre, em destaque. Mané, em crescimento e Heldon, em adaptação voltaram a mostrar bons pormenores.

 

Espera-se uma melhor exibição em Vila do Conde.