Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Sporting muda de farda?

Francisco Chaveiro Reis
09
Dez13

 

 

 

Segundo o Visão de Mercado, a Macron pode vestir o Sporting na próxima época. A Macron, marca italiana, veste o Braga em Portugal; o Bétis em Espanha; o Villa em Inglaterra e Nápoles, Lázio ou Bolonha em Itália. Quanto a mim, é uma escolha interessante, uma vez que faz equipamemtos originais (no caso do camuflado no Nápoles este ano, isso nem sempre é bom). Veremos.

Líder

Francisco Chaveiro Reis
09
Dez13

 

À 12.ª jornada, após 9 vitórias, o Sporting lidera o campeonato. É notável que uma equipa que terminou em sétimo lugar no ano passado, entre tão  bem na liga, tendo-se livrado, inclusive dos jogadores mais bem remunerados. À liderança, junta-se o melhor ataque da prova, com 30 golos, mais oito do que os rivais diretos. Montero, contratado por tuta e meia, leva 13 golos e é o melhor marcador. A defesa também tem cumprido, tendo sofrido apenas 9 golos, sendo a segunda menos batida.

 

Duvido que o Sporting mantenha a liderança até ao fim porque os rivais têm planteis com mais qualidade e mais longos. Além disso, têm margem financeira para se reforçarem ainda mais em janeiro. O Sporting é o outsider. Não está arredado da luta, mas tem a desvantagem financeira. Dito isto, é possível sonhar e, enquanto outros perdem pontos, o Sporting não tem falhado. Acredito que o terceiro lugar é o objetivo realista mas, se os rivais continuarem a escorregar, o Sporting tudo fará para aproveitar.

 

Após anos negros, com o último a ser o mais negro de todos, os sportinguistas podem voltar a ter orgulho. Com um plantel low-cost onde desconhecidos e baratos Maurício, Slimani ou Montero se têm destacado, o Sporting está no bom caminho.

 

A única forma de se ser candidato ao título, era ter uma benesse dos credores e poder ir ao mercado com alguns milhões. Falta um central instrasponível, um criativo e um extremo de topo. Com estes, o Sporting poderia sonhar mais alto. Duvido que tal possa acontecer. Chegarão mais jogadores baratos, uns bons e outros medianos e o Sporting continuará a ser esta equipa com garra. É o que se pede este ano.