Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Depois de Bale, Suarez

23.08.13, Francisco Chaveiro Reis

Depois de garantir Bale, o Real Madrid deve avançar por Suarez. O Liverpool não o quer vender ao Arsenal, mas, também não o quererá manter amuado. Assim sendo, os reds, ficarão com cerca de 50 milhões para encontrar um substituto. Benteke (Aston Villa), avaliado em 30 milhões, seria aposta certeira. Ba (Chelsea), Suarez (Anderlecht) ou Cissé (Newcastle) seriam outras opções interessantes.

 

Com um investimento tão grande, esperam-se saídas. Benzema e Di María são cobiçados pelo Arsenal e Contrão pelo Tottenham. Com um meio campo repleto, não admiraria que Kaká ou Modric fossem vendidos.

 

Para compor o plantel, pode chegar Siqueira (Granada) para ser suplente de Marcelo. A chegada de um centra não é desbida. O Real tem Pepe, Ramos e Varane e deve usar Illarremdi no meio-campo.

Colômbia e Bélgica: Missão 2014

22.08.13, Francisco Chaveiro Reis
 

 

Colômbia e Bélgica têm tudo para ter extraordinárias participações no Mundial 2014.

 


Orientada por Jose Pekerman, mago argentino das camadas jovens, a Colômbia atual reúne um grupo de eleição. Os avançados, esses, são a face mais vísisivel. Falcao (Mónaco) é um dos mais mortais avançados do Mundo mas, para além dele existem goleadores da qualidade de Jackson (FCP), Montero (Sporting), Zapata (Nápoles) ou Bacca (Sevilha). Quase avançados e virtuosos são os génios Muriel (Udinese), Quintero (FCP) ou James (Mónaco). Sobram ainda Rodallega (Fulham), Ramos (Hertha) ou Teófilo (River Plate).

 

Mais defensivos são Guarín (Inter) ou Aguilar (Toulouse). Cuadrado (Fiorentina), Armero Zuniga (Nápoles) fazem as alas e Zapata (Milan) é um ótimo central. Existem ainda os veteranos Perea (Cruz Azul), Mosquera (América) e Yepes (Atalanta). Na baliza, Ospina (Nice) é um bom jogador. Mondragon, aos 42 anos, ainda mexe.

 

Para um futuro próximo existem, ainda, entre outros, Vergara (Milan), Perez (Arsenal), Osorio (Atlético Nacional) ou Córdoba (Espanhol).

 

Último onze oficial (11 de junho,  contra o Perú) - Ospina, Zuniga, Perea, Yepes e Cuadrado; Torres, Aguilar, Sanchez e Armero; Teófilo e Falcao

 

Para o ano, um onze bem possível é: Ospina, Zuniga, Zapata, Yepes e Cuadrado; Quintero, Aguilar,Guarín e James, Falcao e Jackson

 

 

Já a Bélgica, é orientada por Wilmots, ex-jogador de Liége, Shalke 04 ou Bordéus. Com Hazard, Lukaku ou De Bruyne, tem uma geração de ouro.

 

 

Como no caso colombiano, as opções de ataque são muitas e boas. Lukaku (Chelsea) e Benteke (Villa) são dois avançados possantes de grande qualidade. Mais subtis são Mirallas (Everton), Vossen (Genk) ou mesmo De Sutter (C. Brugges). De Camargo (S. Liége), mais experiente terá papel importante no balneári. Nas alas, E. Hazard (Chelsea) é a estrela maior. Mertens (Nápoles), De Bruyne (Chelsea), Chadli (Tottenham) ou De Ceulaer (Genk) são outros jogadores de qualidade.

 

 

No meio, destacam-se os "gadelhas" Witsel (Zenit) e Fellaini (Everton). Para jogar a seis, há Defour (FCP) ou Mudingayi (Inter). Blondel ou Simons (Club Brugges) são outras opções.

 

 

A defesa tem tantos centrais de elevada  qualidade que joga com quatro de cada vez: Alderweireld (Ajax), Kompany (City), Vermaelen (Arsenal) e Vertoghen (Tottenham). Sobram Van Buyten (Bayern) ou Lombaerts (Zenit). Courtois (Atlético) e Mignolet (Liverpool) lutam pela baliza.

 

 

Para o futuro, há ainda Batshuayi (S. Liége) ou Lestienne (Club Brugges).

 

 

 

Último onze oficial (7 de junho,  contra a Sérvia) - Courtois, Alderweireld, Van Buyten, Kompany e Vertoghen; Witsel e Fellaini; De Bruyne, Mirallas e Chadli; Benteke

 

 

Para o ano, um onze bem possível é: Courtois, Alderweireld, Vermaelen, Kompany e Vertoghen; Witsel e Fellaini; De Bruyne, Hazard e Mertens; Benteke

 

 

10 anos de Luisão em Portugal

22.08.13, Francisco Chaveiro Reis

Faz hoje 10 anos que Luisão, internacional brasileiro de 33 anos chegou ao Benfica. Para trás, deixa 370 jogos, 33 golos e a vitória em duas ligas, uma Taça, uma Supertaça e quatro Taças da Liga.

 

Associado a ligas mais competitivas todos os verões, foi sempre ficando, sendo prevísivel que acabe a carreira na Luz. Deve jogar mais dois ou três anos, podendo escalar a tabela dos jogdores com mais partidas na história do clube. Hoje, é o 15.º a 13 jogos do 14.º.

O senhor 99

22.08.13, Francisco Chaveiro Reis

Bale vai tornar-se no jogador mais caro de sempre ao trocar o Tottenham pelo Real Madrid, a troco de 99 milhões de euros. Nenhum jogador vale tal quantia, muito menos Bale que, sendo um grande jogador, ainda não mostrou ser um dos melhores do mundo. Bale chega a Madrid com o número 99 em cima da cabeça, pressão que lhe pode ser fatal na aventura espanhola.

Arsenal quase apurado em noite de equilibrio

22.08.13, Francisco Chaveiro Reis

 

O Arsenal foi à Turquia vencer o Fenerbahce por 0-3 e está praticamente na fase de grupos da Champions. Gibbs, Ramsey e Giroud materializaram a resposta dos Gunners à derrota caseira com o Aston Villa.

 

Nos outros jogos, grande exibição de Salah a marcar dois golos pelo Basileia no Ludogorets 2 Basileia 4. Em Bucareste, 1-1 entre o Steaua e o Légia Varsórvia. Em Zagreb, 0-2 para o Aústria Viena. Na Alemanha, 1-1 entre Shalke 04 e PAOK. Farfán marcou primeiro, Stoch empatou.

 

 

Shirokov estraga estreia do Paços

21.08.13, Francisco Chaveiro Reis

O Paços de Ferreira pagou caro a sua falta de experiência na alta roda europeia e foi goleado por 1-4. Shirokov adiantou os russos maso golo de andré Leão deu esperança aos pacenses. No minuto seguinte, o russo bisou e a garra do Paços caiu por terra.

 

Kerzhakov, de livre e Shirokov, de novo, fizeram os terceiro e quarto golos do Zenit. Na segunda mão, o Paços terá poucas ou nenhumas hipóteses de dar a volta ao resultado, indo parar à Liga Europa.

 

Nos outros jogos, surpresa para a derrota do Celtic, no Cazaquistão, por 2-0 ante do Shakter. O Milan empatou a uma bola no campo do PSV. O Lyon, sombra da fantástica equipa que dominou França nos anos 2000, perdeu com a Real Sociedad, em casa, por 0-2 e o Plzen bateu o Maribor por 3-1. Para a semana há segunda mão.

City entra a matar

20.08.13, Francisco Chaveiro Reis

O City começou a Premier League da melhor maneira, vencendo o Newcastle por 4-0. Para trás ficou a postura defensiva de Mancini. Pellgrini apostou em Navas e Silva a apoiar Dzeko e Aguero. Atrás, Yaya e Fernandinho numa dupla de pivots, com muita qualidade a atacar.

 

Silva, Aguero, Yaya e Nasri marcaram para os citizens mas, mais uns quantos ficaram por marcar. O City é um dos grandes favoritos à vitória final, lado a lado com United e Chelsea. Já o Newcastle terá uma época muito difícil, a continuar assim.

Falcao continua no Mónaco?

19.08.13, Francisco Chaveiro Reis

 

Foi por dinheiro que Falcao trocou o Atlético de Madrid, pelo Mónaco, vindo das profundezas da segunda liga francesa. É legítimo, mesmo que desportivamente questionável e que o colombiano, um dos melhores avançados do mundo, diga o contrario.

 

Agora que, devido a impostos, vai receber cerca de metade do que pensava, ficará no Principado? Fala-se já no Real Madrid.

Spend

19.08.13, Francisco Chaveiro Reis

Sem surpresa, o Arsenal jogou mal e perdeu na estreia na Premier. No Emirates moram bons jogadores mas nenhum que entusiasme como Henry, Persie, Bergkamp ou Pires, figuras da história recente do clube.

 

Mesmo sendo um clube assumidamente rico, Wenger nada investiu este verão, tendo um plantel curto e fraco que precisa de ser reforçado. Não o fez em tempo útil, fá-lo-há agora, pressionado pelo tempo - faltam duas semanas para o mercado fechar e pelos resultados - perdeu o primeiro jogo. Assim sendo, é bem possível que os clubes vendedores peçam mais dinheiro por um jogador, do  que pediam há uma semana, por exemplo.

 

Quanto a mim, os Gunners precisam de um central, de um seis, de um dez, de um extremo e de um avançado, pelo menos.

 

A baliza está bem entregue ao jovem polaco Szczesny, apesar de, uma opção de maior qualidade como Patrício ou Mandanda pudesse ser bem vinda. Não será é a prioridade. Nas alas, Sagna e Gibbs são opções válidas. Jenkinson e Monreal são boas alternativas. Ainda assim, um bom lateral direito que precavesse a reforma de Sagna, seria boa aposta. Van der Wiel,  suplente do PSG podia ser interessante.

 

Já no centro, Vermaelen e Koscielny precisariam de um homem mais rápido do que Mertsacker. Sakho do PSG seria uma bela opção.

 

Para o centro, Luiz Gustava teria sido ideal. Capoue, por exemplo, també já tem novo clube. Assim, para fazer duplo-pivot com Wilshire, escolheria Gonalons, médio do Lyon. Ataca e defende com classe, remata bem e poderia dar consistencia ao miolo do Arsenal. Ramsey e Diaby seriam os suplentes.

 

Cazorla tem sido o melhor jogador da equipa mas, Rosicky não é o suplente ideal pois, o checo já caminha para o fim da carreira. Wijnaldum, dez do  PSV, seria uma opção certa. Para além de organizar bem o jogo, marca muitos golos.

 

Para o ataque, Walcott, Podolski e Oxadale, precisam de companhia. Hulk, rápido, marcador de livres e goleador seria boa opção mas, Nani, habituado à liga e em busca de se relançar poderia ser boa opção. No centro, Giroud não chega. Dzeko,  mal aproveitado no City, poderia ser uma grande contratação. Eto´o, dispensado do Anzhi e Benteke, estrela do Aston Villa, seriam outros nomes a ter em conta.

Zé volta a ser feliz

19.08.13, Francisco Chaveiro Reis

José Mourinho regressou ao banco do Chelsea, vencendo, em casa, o Hull por 2-0. Antes da partida, o carinho demonstrado pelos adeptos blues fez com que The Happy One se emocionasse. Depois vieram os golos. Óscar e Lampard fizeram os golos da tarde, mas, muitos ficaram por marcar. Com outra referência ofensiva que não Torres, o Chelsea teria esmagado. Ainda assim, a época começou com uma vitória.

 

Ainda mais convicente foi estreia do campeão. Bony, reforço do Swansea, marcou ao cair do pano, um golo na sua estreia mas o United marcou 4 vezes. Van Persie e Wellbeck bisaram.

 

Villas Boas contou com um golo de Soldado para vencer, fora, o Crystal Palace. Já o Liverpool, no primeiro jogo da liga, venceu o Stoke por 1-0.

 

Pior sorte teve o Arsenal, batido em casa por 1-3. O Aston Villa aproveitou-se de uns Gunners frágeis e quem brilhou foi Benteke. O Arsenal ainda não fopi ao mercado apesar das carências evidentes e do muito dinheiro disponível...