Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Sakho

14
Ago13

 

Quando o PSG se tornou num clube com grande poder de compra, sempre pensei que as estrelas iriam construir uma equipa à volta de Sakho. Jovem internacional francês, o defesa-central de 23 anos nunca conheceu outro clube na carreira e poderia ser o capitão e o homem que transmitiria a mística do clube aos reforços.

 

A contratação de Alex e Thiago Silva no ano passado destruiram essa teoria. Sakho até poderia ir para uma das alas mas chegaram também Maxwell e Van der Wiel e já havia Jallot. Este ano, o PSG desembolsou 35 milhões por Marquinhos e o espaço de Sakho ficou reduzido a quase zero.

 

É natural que queira sair e mais natural ainda é o interesse de grandes clubes nos seus serviços. Barcelona ou Milan quererão o central nas suas equipas.

Fernandes pode voltar à Premier

14
Ago13

 

Manuel Fernandes deve deixar o Besiktas este verão e o Newcastle é um destino possível.

 

O médio de 27 anos já jogou em Inglaterra, pelo Portsmouth e Everton e pode regressar. As suas características - força física e bom remate de longe - podem favorece-lo. Pela sua qualidade pode dar muito ao Newcastle e ir ao Mundial 2014.

 

Para trás, deixa experiências no Benfica, Valência, para além de Besiktas e clubes ingleses já referidos.

 

Tem é deixado sempre a sensação de que ainda não explodiu.

Quaresma livre

14
Ago13

 

Ricardo Quaresma procura clube após ter rescindido com o Al Ahli do Dubai. O extremo português deverá ser cauteloso na escolha da sua próxima equipa se quiser ir ao mundial. A caminho dos 30 anos (faz em setembro), Quaresma já jogou, sem sucesso por Al Ahli, Inter, Chelsea e Barcelona tendo sido ídolo no Besiktas, Porto e Sporting.

 

Quaresma tem dois caminhos. O primeiro é seguir a via dos últimos anos, jogando em campeonatos periféricos em troca de bom dinheiro. Outro, é escolher uma liga competitiva e voltar a tentar o sucesso. Sempre teve talento para vingar em qualquer liga, faltando-lhe a força mental.

 

Quaresma terá mais três a cinco anos de futebol pela frente. Se os souber aproveitar, ainda pode apagar a sensação de uma carreira falhada.