Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Muito mundo

Francisco Chaveiro Reis
07
Mai13

 A política de contratações do Sporting ainda depende da participação ou não na Liga Europa. Jogar apenas provas internas poderá dar azo a um plantel mais curto. Ainda assim, gostaria que, logo no fim da época o Sporting garantisse alguns reforços na liga interna. Para a baliza, Salin, do Marítimo acaba contrato e seria uma bela contratação para lutar pela baliza com Marcelo já que, acredito que Patrício seja vendido. Na defesa, Steven Vitória, não sendo um miúdo é jogador com bons anos pela frente, é um central seguro que marca golos de cabeça e de penalty. Também ele está em fim de contrato com o Estoril. Poderia fazer uma dupla interessante com ilori, já que penso que também Rojo será negociado. Para esquerda, Jefferson, do mesmo clube é uma prioridade pela relação qualidade/preço.  Para o meio, penso que o Sporting está bem servido mas, Viana, a acabar contrato com o Braga seria uma prioridade. Aos 30 anos continua um grande jogador e pode ajudar homens como Labyad, Martins, Zezinho, Kikas ou João Mário a evoluir. Para o ataque, prevê-se que Jeffrén e Capel saiam e a continuidade de Bruma não é certa. Urge contratar um extremo. Candeias, em fim de contrato com o Nacional, seria interessante opção. Para o ataque, Ghilas pode chegar.

 

 Parece-me que o grosso das contratações deveriam ser feitas no mercado interno. No que toca a mercados externos, devem explorar-se mercados diferentes dos habituais. A Bélgica, que não é só o S. Liege e Anderlecht está repleta de craques e as ligas do norte de África também. Neste último caso, o clube está atento, como se vê pelo alegado interesse em Slimani.

No caso belga, sem contar com Mbokami, Suarez, Biglia ou Vossen, caros, lembro-me  dos defesas Opare (Liége); dos médios Hazard (Zulte), Hyland (Genk) e dos avançados Leye (Zulte) e Savaneh (Leuven). Na Aústria moram em Viena, Vorsah, possante defesa ganês e Soriano, goleador catalão. Na Dinamarca, o avançado Cornelius seria boa opção, tal como o defesa Okore. A lista não acaba. Há muito mundo. 

Um grande jogo

Francisco Chaveiro Reis
07
Mai13

 

 

Foi com surpresa que vi o Benfica-Estoril de ontem. O Estoril justificou o quinto posto que ocupa com uma grande exibição e, por pouco, não levou os três pontos da Luz. Steven Vitória, na defesa, foi garante de tranquilidade; Gonçalo Santos dominou o meio-campo e no ataque, Licá, Leal e Carlitos foram setas apontadas à baliza de Artur. Sem  surpresa, o Estoril marcou primeiro, por Jefferson, num livre onde Artur não esteve bem. O Benfica empatou por Maxi mas o Estoril teve mais hipóteses de fazer o segundo. A equipa da linha consolida o 5.º lugar e relança a liga.