Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Coutinho na Baviera

19.08.19, Francisco Chaveiro Reis
Se 8,5 milhões são números de respeito para as grandes equipas portuguesas, para o gigante bávaro Bayern de Munique, esse é apenas o valor a pagar para garantir o empréstimo de Philippe Coutinho. A precisar de estrelas para convencer internamente (o Dortmund está à espreita com reforços de peso) e conseguir ter argumentos europeus (o goleador Lewandowski já tinha pedido reforços de peso), o Bayern pós Ribery e Robben, tentou Sané mas falhou. Chega Coutinho que falhando em (...)

3 pontos

19.08.19, Francisco Chaveiro Reis
Não foi brilhante, mas valeu três pontos. O Sporting venceu finalmente um jogo e logo diante do Sporting de Braga. Comandado por Sá Pinto, figura da história do Sporting e com Esgaio e Wilson Eduardo no onze, ilustres representantes das escolas leoninas, o Braga, mesmo estando a protagonizar um excelente início de época, não conseguiu pontuar. Do lado do Sporting, no primeiro jogo sem Bas Dost nas contas, Acuña passou para lateral e Diaby, para titular. E a primeira parte foi (...)

Bas Dost vai embora

18.08.19, Francisco Chaveiro Reis
Quando Slimani foi embora, parecia o fim do mundo. Quando se anunciou a vinda de Bas Dost, fiquei feliz. Disse logo a família e amigos que não teríamos saudades do argelino. Este holandês é que era. E foi. Em duas épocas, 70 golos. São números tremendos, mesmo que só tenham ajudado a conquistar uma Taça da Liga. O fim da sua segunda época foi trágico. Dost e a sua cabeça de ouro, golpeada, foram a imagem do ataque a Alcochete. O avançado não mais seria o mesmo. Afetado pelo (...)

Que jogadores foram os treinadores da Premier League?

16.08.19, Francisco Chaveiro Reis
É bonito ver Frank Lampard regressar ao Chelsea. Como jogador, fez 648 jogos pelo clube, marcou 211 golos e ajudou a conquistar 13 títulos, incluindo uma Liga dos Campeões e três campeonatos ingleses. Como treinador, fez uma época ao comando do Derby County e começa agora uma aventura no banco do seu clube de sempre. Começou a ser goleado pelo United e a ser derrotado nas grandes penalidades pelo Liverpool, mas tendo uma equipa jovem, há que ter calma. Mas olhemos para os outros (...)

Jovens de Lampard não chegaram para Adrián

16.08.19, Francisco Chaveiro Reis
Tranferido do West Ham para o Liverpool, Adrián, guarda-redes espanhol tinha poucas esperanças de jogar muito, com a baliza red bem entegue a Alisson Becker. Mas ao primeiro jogo, jogou. Aproveitou a lesão do brasileiro e jogou mais de meia parte. Ao segundo jogo, defendeu um penalty e ajudou o Liverpool a vencer a Supertaça Europeia. Num jogo com grande ritmo, os jovens de Lampard - Pulisic, Mount ou Abraham - não chegaram para Adrián e companhia. Sendo essa companhia, homens como (...)

Norte na Europa

14.08.19, Francisco Chaveiro Reis
Braga e Guimarães marcaram, cada um, quatro golos europeus e a jogar fora. O Braga, mais forte, jogou com um adversário de maior nome e ainda assim, marcou quatro vezes na Dinamarca. Mesmo sofrendo dois golos, é resultado que orgulha os portugueses. Falta a segunda mão mas é dificil que os minhotos não se juntem ao Sporting na Liga Europa. Poucos esperavam era que o FCP também seguisse o mesmo caminho. O FCP, mesmo depois de abrir a bolsa para ir buscar Marchesin, Saravia, Marcano, (...)

Desnorte

14.08.19, Francisco Chaveiro Reis
O Sporting está desnorteado. Na época passada, sem que os adeptos tivessem grandes espectativas, o Sporting, muito graças a Bruno Fernandes, conseguiu vencer duas taças. Temos que ser sérios e perceber que o desmérito dos adversários teve o seu papel. O Benfica, pensado ter a eliminatória controlada, deixou-se surpreender nas meias da Taça de Portugal e na final, não fosse o FCP perdulário e a Taça não viria para Alvalade. Mas só os factos interessam. O Sporting venceu a (...)

O terceiro Maldini

26.07.19, Francisco Chaveiro Reis
O terceiro Maldini a atuar pela equipa principal do AC Milan chama-se Daniel e é um avançado italiano de 17 anos. Para já, tem sido utilizado na pré-época do gigante italiano, mas ainda será cedo para perceber se está à altura do legado do avô e do pai. Cesare (faleceu em 2016, com 84 anos), fez mais de 400 jogos pelo Milan, único clube que representou, sendo capitão e ajudando a vencer quatro campeonatos e uma Liga dos Campeões. O filho, Paolo, pai de Daniel, fez ainda (...)